Dois criminosos morrem em ação da Rota; um policial ficou ferido

Uma operação das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) resultou em duas mortes, na madrugada deste sábado, 3, na Baixada Santista. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), em um dos casos, um criminoso foi neutralizado em confronto depois de atirar contra os policiais.

Um dos tiros atingiu de raspão o braço de um agente de 33 anos. O caso ocorreu na Avenida Francisco da Costa Pires, no bairro São Jorge, em Santos.

O outro episódio foi registrado em São Vicente, na região metropolitana da Baixada. Um criminoso também desferiu disparos de arma de fogo na direção de um soldado que fazia patrulhamento na Avenida Sambaiatuba, no bairro Jóquei Club.

Secretário da Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite usou sua conta no Twitter/X para explicar que as mortes foram decorrentes de confrontos envolvendo as equipes da tropa. 

“Os criminosos foram neutralizados pelas equipes de Rota; seguimos em operações”, escreveu Derrite.

Em operações de ontem para hoje, na Baixada Santista, tivemos mais dois confrontos envolvendo equipes de ROTA. Um dos policiais sofreu um disparo no braço. Graças a Deus, os ferimentos foram leves. Já os criminosos foram neutralizados pelas equipes de ROTA. Seguimos em operações.

— Guilherme Derrite (@DerriteSP) February 3, 2024

Operação Escudo

A ação é parte de uma nova etapa da Operação Escudo, deflagrada na região depois do assassinato do soldado da Rota Samuel Wesley Cosmo, de 33 anos, na sexta-feira 2.

Cosmo integrava uma equipe da PM que fazia patrulhamento quando foi baleado no rosto pelos criminosos, no bairro Rádio Clube, em Santos, litoral paulista. O agente chegou a receber atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa.

Samuel Wesley Cosmo
PM Samuel Wesley Cosmo foi assassinado por criminosos na Baixada Santista | Foto: Reprodução/Twitter/X

Autoridades lamentaram o crime. No Twitter/X, o governador do Estado, Tarcísio de Freitas, prometeu uma investigação rigorosa para identificar os assassinos. 

“Com muito pesar, recebi há pouco a notícia da morte do Soldado PM Samuel Wesley Cosmo, vítima da ação de criminosos durante patrulhamento em Santos”, escreveu. “Identificaremos e prenderemos os responsáveis por atacar nossa polícia”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies