Ditadura: ‘STF’ da Venezuela suspende primárias da oposição vencidas por María Corina

Nesta segunda-feira, 30, a Câmara Eleitoral do Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela suspendeu “todos os efeitos das diferentes fases do processo eleitoral” das primárias da oposição, cuja vencedora foi a ex-deputada María Corina Machado. O “STF” do país acolheu a um pedido do deputado chavista José Brito.

De acordo com Brito, ele não pôde participar da disputa realizada em 22 de outubro. Brito solicitou a revisão de “irregularidades” no processo eleitoral, que poderiam constituir “a alegada prática de crimes eleitorais e a alegada prática de crimes comuns”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies