Ditadura: Música de Xande de Pilares e Ferrugem é censurada por comunidade islâmica

Os cantores Xande de Pilares e Ferrugem terão que alterar a letra da música “Me abraça”, lançada em maio de 2023. A decisão foi anunciada após o Ministério Público de São Paulo acatar o pedido da ANAJI (Associação Nacional de Juristas Islâmicos). As informações são do portal Terra.

A comunidade islâmica afirma que um trecho da canção é preconceituoso e estigmatiza os seguidores do Islã, que supostamente foram citados como terroristas.

Justiça pede para Xande de Pilares e Ferrugem alterarem letra de música

A ANAJI ainda aponta que os direitos da comunidade islâmica foram violados após a associação. “Eles transmitiram aos ouvintes a ideia de que todos os seguidores do Islã são terroristas e assassinos”, diz.

Os cantores devem editar a obra no prazo de 30 dias, sob a pena de multa de R$ 10 mil. Além disso, a associação será indenizada em R$ 30 mil.

Segundo o Correio Braziliense, Xande de Pilares disse que é equivocado chamar a música de preconceituosa.

Confira o verso da música de Xande de Pilares e Ferrugem

Pra que bombardeio, pra que engatilhar. Aqui não é Irã, ou Islã, Bagdá. Foi só um mal tempo que ainda dá tempo. Desarma essa bomba em nome de Alá“.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies