Diretora de diversidade de Harvard é acusada de plágio

Sherri Ann Charleston, diretora de diversidade e inclusão da Universidade Harvard, foi alvo de 40 acusações de plágio relacionadas ao seu trabalho acadêmico, incluindo uma alegação de que ela não teria citado adequadamente um estudo de seu próprio marido.

Na última segunda-feira, 29, Harvard recebeu uma reclamação anônima com uma lista de ao menos 40 exemplos de suposto plágio de Sherri. Os exemplos datam de 2009, uma década antes dela ingressar na universidade da Ivy League.

Harvard tem passado por várias polêmicas recentes. Há algumas semanas, a presidente da universidade, Claudine Gay, renunciou ao cargo depois de não combater o antissemitismo no campus e também ser acusada de plágio.

Sherri Ann Charleston teria plagiado estudo do próprio marido em 2014

Claudine Gay reitora de Harvard
A reitora da Universidade de Harvard, Claudine Gay, pediu desculpas pelos comentários antissemitas durante audiência no Congresso dos Estados Unidos | Foto: Reprodução/X/Twitter

Segundo o portal conservador The Washington Free Beacon, que fez uma análise própria da queixa, Sherri Ann Charleston citou ou parafraseou uma dúzia de acadêmicos sem atribuição adequada na sua dissertação na Universidade de Michigan em 2009.

Em 2014, ela teria feito plágio de um estudo de seu marido, LaVar Charleston, produzido em 2012. LaVar Charleston é vice-reitor para diversidade e inclusão da Universidade de Wisconsin-Madison, segundo o jornal The New York Post.

“Você não pode simplesmente republicar um artigo antigo como se fosse um artigo novo”, disse Lee Jussim, psicólogo social da Universidade Rutgers ao veículo. “Se você fizer isso, isso não é exatamente plágio; é mais como uma fraude.”

Representantes de Harvard ainda não confirmaram se estão investigando as alegações. A queixa também foi apresentada à Universidade de Michigan e à Universidade de Wisconsin-Madison.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies