DETRAN RJ Facilita Renovação de CNH para Pessoas com Deficiência!

O Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran.RJ) implementou um novo recurso para melhorar o processo de renovação da carteira de habilitação (CNH) para pessoas com deficiência física. A nova medida permite que as perícias médicas necessárias para a renovação da CNH sejam realizadas diretamente nas clínicas médicas credenciadas pelo Detran.RJ em todo o Rio de Janeiro. Este serviço otimizará a acessibilidade e proporcionará maior comodidade aos usuários.

Isenção de Taxa da CNH para PCD

Também vale ressaltar que a lei garante ao público PCD a isenção de taxa na renovação da CNH. Durante o agendamento para atendimento nos postos do Detran.RJ, o sistema verificará automaticamente o direito à gratuidade e não exigirá o pagamento de Duda. No entanto, o preço do exame médico realizado nas clínicas será o mesmo cobrado dos usuários em geral.

A nova medida do Detran.RJ

Anteriormente, para renovar a CNH, a pessoa com deficiência física precisava se submeter a uma junta médica pericial do Detran.RJ. Com essa nova diretriz, os usuários podem fazer a perícia em uma clínica próxima à sua residência, como já é o procedimento para os exames médicos dos demais usuários.

Para iniciar o processo, é primeiro necessário agendar atendimento no posto do Detran.RJ preferido. Nesse posto, o usuário fará sua foto e biometria. Em seguida, o funcionário do posto informará ao usuário sobre a clínica selecionada, onde ele deverá telefonar e marcar o exame de aptidão física e mental, e também a avaliação psicológica, se necessário.

Regras das Perícias Médicas

Se, após o exame, o médico verificar que a deficiência física do usuário é compatível com as anotações já registradas na CNH, será adotado o procedimento para a emissão do novo documento. Em caso de constatação de novas anotações necessárias, o usuário será encaminhado para uma perícia no Detran e deverá agendar o exame pericial pelo serviço de atendimento telefônico do departamento.

Para a realização da renovação, será essencial apresentar um laudo médico que ateste o tipo e o grau de deficiência física, indicando o código CID-10 da doença. A clínica credenciada avaliará se as deficiências do usuário estão estáveis e se as anotações existentes na CNH podem ser mantidas ou se as mudanças não afetam as adaptações veiculares já concedidas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies