Servidores terceirizados do Detran-PI estavam com dois meses de salários atrasados; pagamento é feito

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI) determinou o pagamento dos salários atrasados dos servidores de uma empresa que presta serviços terceirizados ao órgão. A medida foi tomada por causa do atraso de mais de dois meses.

A Diretora-geral do órgão, Luana Barradas, explicou que o Detran-PI acionou a Justiça do Trabalho e solicitou para si a responsabilidade de pagar diretamente na conta dos funcionários da empresa tão logo foi constatado o atraso de salários, ticket alimentação e vale transporte dos profissionais. A autorização foi feita pelo desembargador Manoel Edilson Cardoso, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 22ª Região.

Após a autorização expedida pelo TRT-PI, a Diretora-geral manteve contato com a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PI), que colaborou para dar agilidade na liberação do recurso solicitado para atender às necessidades dos funcionários terceirizados.

“Não podemos crucificar os trabalhadores pela falta de organização da empresa que os contratou. Tivemos diálogos com a empresa em diversos momentos, efetuamos os pagamentos que estavam pendentes, visto que a mesma não estava com toda a documentação regularizada. Contudo, todo o recurso que caiu na conta da empresa ficou bloqueado e os trabalhadores continuaram sem receber”, declarou a diretora Luana Barradas.

Ao todo, os contratos da referida empresa acomodam pouco mais de 60 colaboradores que atuam no setor de limpeza, motoristas e eletricistas. Os trabalhadores estão distribuídos na capital e nos postos de atendimento do interior.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading