Demitido pela Record, Oliveira Andrade desabafa: ‘Final da minha carreira’

Contratado pela Record no final de 2023, Oliveira Andrade foi demitido recentemente pela emissora. O comunicador teria sido desligado porque os telespectadores não gostaram do trabalho do veterano como narrador nos dois únicos jogos do Campeonato Paulista em que ele trabalhou. Magoado, ele afirma que já pensa em acabar com a sua carreira.

O narrador falou sobre a demissão e pontuou que a empresa não pode se pautar nas redes sociais. “Estava quieto, trabalhando. Não fui atrás da emissora, eles que me convidaram para trabalhar. Eles têm o direito de contratar ou demitir quem bem entendem, mas não posso aceitar”, lamentou.

“Hoje estamos sujeitos ao tribunal da internet. Teriam tido muitas críticas a mim lá. Mas, se a empresa for se pautar pela rede social, o Galvão Bueno não teria tido a carreira que teve”, alfinetou Oliveira Andrade, em entrevista ao Estadão. “As redes sociais são um verdadeiro esgoto”, disparou o comunicador.

“Eu até evito de ler isso aí [as críticas], de ficar vasculhando a internet. Mesmo se me pedissem para mudar meu estilo de narração, depois de 40 anos de profissão, não mudaria. Se [a demissão] foi norteada pelas críticas na internet, foi um erro. Faço uma autocrítica sobre meu trabalho, sei quando vou mal e quando vou bem”, refletiu.

Foto do locutor Oliveira Andrade
Oliveira Andrade cogita aposentadoria depois de ter sido demitido pela Record | Foto: Reprodução

Oliveira Andrade criticou gritaria nas narrações de futebol

Frustrado com a maneira como foi demitido, Oliveira Andrade afirmou que já pensa em como encerrar sua trajetória na televisão. “Andei pensando seriamente em encaminhar para o final da minha carreira. Gosto muito do que faço e não sei trabalhar com outra coisa, desde minha juventude. A moda atual na narração é ‘gritaria’”, explicou o narrador.

“Aprendi, ainda nos meus primeiros anos na Globo, que a linguagem de TV é de apoio. Narrador tem que dar o tempo para o telespectador respirar. Sem citar nomes, mas há aqueles que vibram até com o arremesso de lateral. Não é o meu estilo”, concluiu.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies