conecte-se

Brasil em Pauta

Deltan Dallagnol denuncia Alexandre de Moraes por abuso de autoridade após prisões

Published

on

Deltan Dallagnol denuncia Alexandre de Moraes por abuso de autoridade após prisões

O ex-procurador da República e atual membro do partido Novo, Deltan Dallagnol, protocolou uma notícia-crime na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. A ação, datada de terça-feira (4), acusa o ministro de abuso de autoridade por ter ordenado a prisão de duas pessoas acusadas de ameaçar ele e sua família.

Dallagnol argumenta que Alexandre de Moraes estava legalmente impedido de atuar no caso, pois era a vítima direta das ameaças, o que contraria o Código de Processo Penal. O código estipula que um juiz não pode exercer jurisdição em casos onde seja parte ou interessado, incluindo os casos envolvendo parentes consanguíneos em linha reta.

Advertisement

Além disso, Dallagnol afirma que o STF não deveria julgar o caso, visto que os acusados não possuem foro privilegiado, sugerindo que o caso deveria ser remetido à Justiça Federal de primeira instância. Segundo ele, ao não encaminhar o pedido de prisão para a primeira instância ou outro ministro, Alexandre de Moraes desrespeitou a Constituição e as leis vigentes.

A notícia-crime foi também assinada por Ana Carolina Braga, pré-candidata à Prefeitura do Rio de Janeiro pelo Novo, e Jonathan de Mello Mariano, pré-candidato a vereador pelo mesmo partido. Eles solicitam que o procurador-geral da República, Paulo Gonet, investigue os fatos apresentados e, se necessário, instaure um inquérito policial contra o ministro Alexandre de Moraes, com base no crime de abuso de autoridade.

Advertisement

!function(f,b,e,v,n,t,s)
if(f.fbq)return;n=f.fbq=function()n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments);
if(!f._fbq)f._fbq=n;n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;
n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];
s.parentNode.insertBefore(t,s)(window, document,’script’,
‘https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘5194898813962404’);
fbq(‘track’, ‘PageView’);

Advertisement
Continue Reading
Advertisement
Advertisement