Coreia do Norte anula acordos de cooperação econômica Seul

A Assembleia Popular Suprema da Coreia do Norte votou pela anulação de todos os acordos assinados com a Coreia do Sul de promoção da cooperação econômica. As informações foram divulgadas pela agência estatal KCNA, nesta quarta-feira, 7.

Entre as leis anuladas está uma que regulamentava a operação turística no Monte Kumgang, que fica no lado norte-coreano.

+ Leia as últimas notícias sobre Mundo no site de Oeste

As excursões à montanha eram um dos símbolos da cooperação econômica iniciada durante um período de engajamento entre as duas Coreias no início dos anos 2000. Cerca de 2 milhões de sul-coreanos visitaram o local.

Fim dos acordos de cooperação econômica das Coreias

O projeto acabou em 2008, depois que um turista sul-coreano entrou em uma área restrita e foi morto por guardas norte-coreanos.

Pyongyang disse que, agora, considera os vizinhos do Sul como inimigos de guerra. No ano passado, o governo da Coreia do Norte já havia interrompido um pacto militar de 2018 para reduzir as tensões na região de fronteira.

Kim Jong un
Desde 2011, o ditador Kim Jong-un pressiona os militares norte-coreanos para desenvolver armas nucleares e mísseis balísticos de vários alcances | Foto: Reprodução/Wikimedia Commons

O presidente sul-coreano, Yoon Suk-yeol chamou a mudança na política da Coreia do Norte de “extraordinária”.

+ Veja: Coreia do Norte: adolescentes são condenados a trabalhos forçados por assistirem a produções sul-coreanas

“O que não mudou é que o Norte tentou, por mais de 70 anos, nos transformar em comunistas”, declarou Yoon. “Ao fazer isso, [a Coreia do Norte] percebeu que suas armas convencionais eram insuficientes e passou a desenvolver armas nucleares.”

O presidente da Coreia do Sul tem adotado uma linha dura contra os vizinhos do Norte. Ele afirmou que continua aberto ao diálogo com Pyongyang, até mesmo para uma reunião com o ditador Kim Jong-un.

Desde que assumiu o poder em 2011, Kim pressionou a Coreia do Norte a desenvolver armas nucleares e mísseis balísticos de vários alcances, aumentando a tensão com a Coreia do Sul e os Estados Unidos.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading