Confira os partidos que mudaram de lideranças no Senado

Dos 12 partidos que possuem representação no Senado, quatro mudaram as lideranças neste ano, sendo eles: Podemos, PT, PP e PDT. O senador Rodrigo Cunha (AL) assumiu como líder do Podemos no lugar do senador Oriovisto Guimarães (PR).

No PT, o senador Beto Faro (PA) assumiu o posto de coordenação no lugar do senador Fabiano Contarato (ES). A senadora Tereza Cristina (MS) tornou-se líder do PP no lugar do senador Ciro Nogueira (PI).

O PDT nomeou o senador Weverton Rocha (MA) como líder no lugar de Cid Gomes (PSB-CE), que deixou o PDT no fim de 2023. Como líder do PSDB na Casa, permanece ainda Izalci Lucas (DF). Contudo, a equipe do parlamentar informou que ele ainda não conversou com o senador Plínio Valério (PSDB-AM), que pode assumir o posto.

Os demais partidos continuam com as mesmas lideranças, sendo:

  • PL: Carlos Portinho (RJ);
  • MDB: Eduardo Braga (AM);
  • União Brasil: Efraim Filho (PB);
  • PSD: Otto Alencar (BA);
  • PSB: Jorge Kajuru (GO);
  • Novo: Eduardo Girão (CE);

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) permanece como líder da Maioria; e o senador Ciro Nogueira continua comandando a Minoria no Senado. A senadora Daniella Ribeiro (PSD-PB) assumiu a liderança da Bancada Feminina no lugar da senadora Eliziane Gama (PSD-MA).

Na ala governista, o senador Jaques Wagner (PT-BA) permanece na liderança do governo no Senado e o senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP) continua como líder do governo no Congresso.

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) continua como líder da Minoria no Congresso Nacional.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies