conecte-se

Brasil em Pauta

Como são os túneis do Hamas na Faixa de Gaza

Os primeiros túneis foram construídos para ligar o lado egípcio à Gaza na década de 1980. Mas só cresceram em tamanho, importância e estrutura em 2007, quando o Egito e Israel realizaram um bloqueio econômico na região. Os túneis eram utilizados para contrabando de armas e suplementos para Gaza. 

Published

on

túneis hamas gaza

O grupo terrorista Hamas construiu cerca de 500 quilômetros de túneis na divisa da Faixa de Gaza com Israel e o Egito. As construções foram apelidadas como “Metrô de Gaza”, por causa de a sua grande extensão subterrânea.

Os primeiros túneis foram construídos para ligar o lado egípcio à Gaza na década de 1980. Mas só cresceram em tamanho, importância e estrutura em 2007, quando o Egito e Israel realizaram um bloqueio econômico na região. Os túneis eram utilizados para contrabando de armas e suplementos para Gaza.

Os túneis de modo geral estão a uma profundidade de 12 a 20 metros, com 2,5 metros de altura e cerca de 1 metro de largura. Eles são revestidos com concretos e cabos elétricos, permitindo um ambiente bem úmido, escuro e com pouco ar — há exaustores que enviam ar para os túneis. O objetivo é permitir que os soldados passem um a um com uma mala de equipamentos.

Advertisement

Em 2014, o analista de defesa israelense especializado em guerra subterrânea, Eado Eado Hecht, explicou ao jornal The Guardian que existem três tipos de túneis na Faixa de Gaza.

Como funcionam os três tipos de túneis?

O primeiro deles serve para contrabandear combustível, alimentos e armas entre Gaza Egito.

Já o segundo tem o objetivo de abrigar os centros de comando da organização terrorista e os armamentos usados pelo grupo, como foguetes e lançadores. É aqui que os integrantes do Hamas planejam as ações e os ataques que serão realizados contra Israel.

O terceiro tipo, por sua vez, é usado para ataques transfronteiriços a Israel. O principal objetivo desses túneis é se infiltrar no país vizinho. Túneis desse tipo foram utilizados nos ataques de 7 de outubro, por exemplo, e as FDI tentam destruir as construções para evitar novos atentados.

Advertisement

Este último é considerado o principal do grupo terrorista. É também o local onde o Hamas mantém pessoas reféns, o que dificulta os ataques de Jerusalém. Segundo as Forças de Defesa de Israel (FDI), os pontos de acessos dos túneis são construídos em áreas densamente povoadas, próximo a escolas, hospitais, mesquitas e edifícios civis.

Como são construídos?

Os túneis são construídos com recursos enviados por outros países para projetos civis. A verba é desviada pelos terroristas e alocada para servir o Hamas.

Advertisement

Recursos enviados por Israel, para a construção de hospitais, casas, escolas e bibliotecas também são desviados pelo Hamas.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement