Como Brasileiros estão Utilizando o 13º Salário e como deve ser usado?

O tão esperado 13º salário já está na conta dos trabalhadores brasileiros desde a última quinta-feira (30). Como esperado, esse dinheiro extra no fim do ano já tem destino para muitos deles, seja para o pagamento de dívidas, para ser economizado ou investido, ou mesmo para as compras de natal. Segundo uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, aproximadamente 30% dos consumidores optaram por poupar ou investir, enquanto mais de 20% deles planejam usar o benefício para quitar contas atrasadas.

Onde Investir o 13º salário?

É recomendável direcionar os recursos para renda fixa, incluindo ativos do Tesouro Direto, como o Tesouro Selic para liquidez ou Tesouro IPCA para proteção contra a inflação, e CDBs com rendimentos acima do CDI para diversificar. Defina os prazos antes de investir: curto, médio ou longo. Para curto prazo, opte por Fundos DI e CDBs de alta liquidez; médio prazo, escolha ativos como LCI, LCA, LIG, CRIs, CRAs e debêntures incentivadas. Importante: Letras e títulos de crédito privado são isentos de Imposto de Renda para pessoa física.

Outros 33% dos consumidores, que representam cerca de 23 milhões de pessoas, vão usar o 13º salário para as compras de Natal. Para estes, recomenda-se prestar atenção nos gastos no início do ano, como IPVA e material escolar. Mesmo assim, se a decisão for por fazer compras, a dica é sempre pedir descontos e, se possível, parcelar.

E pra quem está se perguntando quando receberá a segunda parcela do 13º, o calendário indica que o pagamento começará no dia 1º de dezembro, se estendendo até o dia 20. Vale lembrar que este benefício é direito apenas dos trabalhadores na ativa e promete injetar cerca de R$ 291 bilhões na economia brasileira.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies