conecte-se

Internacional em Pauta

Colômbia anuncia suspensão da venda de carvão para Israel –

Published

on

Colômbia anuncia suspensão da venda de carvão para Israel -

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, anunciou no sábado 8 que suspenderá as exportações de carvão para Israel devido à guerra em Gaza, em um contexto de piora das relações entre os dois países, que já foram próximos aliados comerciais e militares.

+ Leia as últimas notícias de Mundo no site da Revista Oeste

Advertisement

Petro destacou no Twitter/X que as exportações de carvão para Israel serão retomadas “quando o genocídio” em Gaza parar. Ele também publicou naquela rede social um esboço de decreto, no qual aponta que tais exportações do mineral só voltarão se as autoridades em Israel atenderem uma ordem da Corte Internacional de Justiça na qual as tropas israelenses devem sair de Gaza.

Segundo o departamento de estatísticas nacionais da Colômbia, as exportações de carvão para Israel alcançaram mais de US$ 320 milhões de janeiro a agosto de 2023, uma pequena fração do total de US$ 9 bilhões das vendas do mineral para todo o mundo no ano passado.

Advertisement

Israel importa do país na América do Sul mais de 50% de todo o carvão que compra do exterior, segundo o American Journal of Transportation, e o utiliza para gerar eletricidade.

Gustavo Petro cortou relações diplomáticas com Israel em maio ao apontar que não poderia mantê-las com o governo “genocida” do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Governos de esquerda, como o Brasil e a Venezuela, têm sido críticos da ação de Israel contra o Hamas, que fez um ataque terroristas sem precedentes em território israelense em outubro do ano passado.

Advertisement

Redação Oeste, com informações da Agência Estado

Advertisement
Continue Reading
Advertisement
Advertisement