Cinco novos países confirmam entrada no Brics

Cinco países confirmaram sua entrada no agrupamento econômico Brics, que hoje engloba Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Os novos integrantes da aliança são Egito, Etiópia, Irã, Arábia Saudita e Emirados Árabes. As nações receberam convites para se unirem à cúpula em agosto de 2023, numa conferência em Johanesburgo (África do Sul). 

A Argentina também foi chamada, mas o atual presidente, Javier Milei, recusou-se a cooperar com o grupo.

milei posse argentina | Milei não fará nenhum discurso diante dos legisladores, mas o fará nas escadas do prédio diante dos seguidores | Foto: Reprodução/Instagram
Sob o comando de Milei, Argentina não entrará mais no grupo | Foto: Reprodução/Instagram

Naledi Pandor, ministra das Relações Exteriores da África do Sul, anunciou oficialmente a adesão dos cinco países nesta quarta-feira, 31, durante uma entrevista coletiva.

“Com relação às confirmações do Brics, cinco dos seis países confirmaram. São eles: Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Etiópia, Irã e Egito”, comunicou Naledi à imprensa. “A Argentina escreveu para dizer que não dará seguimento ao pedido da administração anterior para se tornar membro pleno do Brics, e aceitamos a sua decisão.”

Nova ordem mundial

Criado em 2001, pelo ex-economista-chefe do Goldman Sachs Jim O’Neill, o Brics não compõe um bloco econômico, como é o caso da União Europeia, por exemplo.

Trata-se de uma “aliança”, de caráter informal, que busca ganhar força no cenário político e econômico internacional. Os integrantes do Brics têm como plano ajudar a criar uma nova ordem mundial, pois a atual eles já consideram ultrapassada.

Antes da adesão dos cinco países, o Brics já representava, segundo o governo federal:

  • mais de 42% da população mundial;
  • 30% do território do planeta;
  • 23% do PIB global; e 18% do comércio internacional.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading