Caso Bolsonaro indique vice de Nunes, Salles pode desistir de candidatura, afirma jornal

Está cada vez mais distante a possibilidade de o deputado federal Ricardo Salles (PL-SP) disputar a Prefeitura de São Paulo nas eleições deste ano. Depois que o ex-presidente Jair Bolsonaro sugeriu publicamente na live de domingo 28 o nome de um vice para concorrer na campanha de reeleição de Ricardo Nunes (MDB), a possível candidatura de Salles esfriou, afirmou a Folha de S.Paulo na edição desta quarta-feira, 31.

O deputado disse ao jornal que ainda não há decisão sobre sua candidatura e não polemizou com Bolsonaro. Ao contrário, elogiou o nome sugerido pelo ex-presidente e criticou Nunes. “Mello Araújo é um excelente nome, será a melhor escolha [para candidato a vice]. Acho que ele vai prender metade da prefeitura”, afirmou.

Ricardo Mello Araújo, que é coronel da reserva da Polícia Militar, foi chefe da Rota, batalhão especial da PM do Estado de São Paulo. Filiado ao PL e aliado de Bolsonaro, ele também já foi presidente da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp).

A candidatura à reeleição de Nunes já tem o apoio do presidente do PL, Valdemar Costa Neto, do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) e do advogado Fabio Wajngarten. A interlocutores, Salles sempre disse que só disputaria a prefeitura com o aval de Bolsonaro.

Parlamentares ligados ao ex-presidente disseram à Folha que apesar de preferirem um candidato a prefeito alinhado com Bolsonaro em vez de Nunes, “Salles teria implodido suas pontes com Valdemar e com Tarcísio por meio de críticas públicas que consideram desnecessárias”.

Ricardo Nunes
Ricardo Nunes disse que o nome de Mello Araújo será levado para apreciação do partido | Foto: Reprodução/Twitter/X/Ricardo Nunes

Valdemar e Tarcísio já haviam declarado que Bolsonaro iria apoiar Nunes, mas até dezembro o ex-presidente ainda defendia a candidatura de Salles, seu ex-ministro de Meio Ambiente.

O deputado chegou a cogitar deixar o PL — mas com aval de Valdemar para não perder o mandato de deputado — e concorrer à prefeitura pelo Partido Renovação Democrática (PRD), fusão do Patriota com o PTB.

Na segunda-feira 29, Valdemar se reuniu com Nunes e levou a ele a sugestão de Mello Araújo como vice. O prefeito disse ser uma boa opção, mas afirmou que a decisão só será tomada mais adiante.

Outros nomes sugeridos por Valdemar para vice são os do deputado estadual Tomé Abduch (Republicanos), o da secretária estadual de Políticas para as Mulheres, Sonaira Fernandes (Republicanos), e o da delegada Raquel Gallinati.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies