‘Casal maloca’ abre salão de beleza após mostrar rotina nas ruas

Conhecidos como “casal maloca”, Gabrielly Miguel e Douglas Martins saíram das ruas e, em pouco mais de um mês, abriram o próprio negócio: um salão de beleza. O casal teve a vida mudada depois de viralizar nas redes sociais ao mostrar a rotina de pessoas em situação de rua.

Aos 25 anos, Gabrielly, que é se denomina uma mulher trans, é cabeleireira. Douglas, de 33 anos, é entregador de aplicativo. Atualmente, eles moram em uma casa alugada em Santos, no litoral paulista. Segundo o casal, até o início de janeiro, eles moravam em situação de rua. Os dois disseram que dormiram nas calçadas da cidade por dois anos antes do sucesso.

Tudo começou quando eles pegaram um celular emprestado com um amigo e criaram um perfil nas redes sociais sobre a rotina de quem “mora” em uma barraca na rua. As publicações viralizaram. Atualmente, o perfil deles no Instagram possui mais de 2 milhões de seguidores.

O salão, que se chama “Studio Gabrielly Miguel”, está localizado em São José dos Campos, em São Paulo. O investimento, conforme eles, foi possível com a ajuda dos seguidores e de outro influenciador. “O sentimento é de muita gratidão e felicidade”, disseram em entrevista ao portal G1.

Gabrielly é natural de São José dos Campos (SP) e Douglas de São Lourenço (MG). O casal está junto há seis anos, mas morava nas ruas havia quase sete.

O salão do ‘casal maloca’

De acordo com Gabrielly, o estabelecimento foi aberto na última semana e oferece serviços de beleza para unhas, cílios, cabelos e sobrancelhas. Além disso, o espaço possui três funcionários.

A abertura do salão foi viabilizada, segundo ela, em virtude de uma “vaquinha” dos seguidores para comprar os móveis para a casa deles.

Contudo, devido ao sucesso do casal, um influenciador entrou em contato e custeou a mobília e demais utensílios domésticos deles. Assim, o dinheiro arrecadado foi investido na carreira do casal.

+ Homem é preso depois de tentar vender violino furtado de 100 anos para o próprio dono

“Ele entrou em contato e perguntou o que estava faltando [na casa]“, contou Gabrielly. “Disse que era para eu ir até uma loja e passar o valor. Compramos tudo, ele fez o pagamento, e as coisas chegaram aqui. Então, investimos no salão.”

Segundo a cabeleireira, a casa onde eles moram foi alugada por meio da indicação de uma seguidora que os ajudou. “Ela tem uma casa aqui e, no momento, está fora do Brasil”, explicou. “Fez um precinho bem bacana para ajudar a gente, e já fechamos o contrato. A casa está alugada e paga por seis meses.”

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading