Braga Netto vai recorrer de decisão do TSE que o tornou inelegível

O general e ex-ministro Braga Netto afirmou nesta quarta-feira, 1º, que vai utilizar de “todos os meios judiciais” para recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ele foi candidato a vice na chapa à reeleição de Jair Bolsonaro (PL), e os dois foram condenados por abuso de poder político e econômico nas comemorações do 7 de Setembro de 2022.

Braga Netto escreveu na rede social X (antigo Twitter) que discorda da decisão da Corte e vai provar e comprovar “a lisura das nossas ações”.

Bolsonaro e Braga Netto podem recorrer da decisão no próprio TSE e também no Supremo Tribunal Federal (STF), se entenderem que houve violação da Constituição no julgamento.

Julgamento do TSE

No julgamento concluído nesta terça-feira, 31, 5 ministros consideraram que Bolsonaro cometeu abuso de poder e outros 2 rejeitaram as ações contra o ex-presidente e Braga Netto.

Foi determinado o pagamento de multa no valor de R$ 425,6 mil para Bolsonaro e R$ 212,8 mil para Braga Netto.

Recurso

O general, que atualmente ocupa cargo de secretário do PL, estava sendo cotado como um possível candidato do partido à prefeitura do Rio de Janeiro nas eleições de 2024. Porém, com a decisão do TSE, não poderá concorrer.

Braga Netto

O Partido Liberal (PL) anunciou que vai recorrer ao STF sobre a decisão que tornou Braga Netto inelegível. A afirmação foi do presidente da legenda, Valdemar da Costa Neto.

“Não concordamos com essa decisão. Nossos advogados já estão se preparando e vamos recorrer ao Supremo”, disse.

Costa Netto também ressaltou que o PL também vai recorrer dessa segunda decisão de inelegibilidade de Bolsonaro e que acredita que essas decisões contra o ex-presidente serão revistas no futuro.

Essa não é a primeira vez que Bolsonaro e Braga Netto enfrentam problemas com a Justiça Eleitoral.

Em junho, Bolsonaro foi considerado inelegível pelo TSE devido a ataques ao sistema eleitoral em uma reunião com embaixadores. Naquela ocasião, Braga Netto foi absolvido.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies