BPC é vitalício? Posso obter desconto na luz recebendo o benefício?

Existe uma popular crença de que o Favor por Prestação Continuada (BPC) do Instituto Vernáculo de Seguro Social (INSS) é vitalício. No entanto, essa suposição é um equívoco habitual. A perpetuidade ao aproximação deste favor exige o cumprimento de algumas diretrizes importantes. Vale lembrar que o BPC, criado sob o enquadramento da Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS), é um suporte assistencial, diferenciando-se dos benefícios previdenciários. O BPC é facultado para idosos e pessoas com deficiência (PCD) de qualquer idade, com baixa renda e que não tiveram oportunidades de contribuir com o INSS. Uma exigência primordial para a liberação do BPC é a reparo da renda per capita do idoso ou da pessoa com deficiência (PCD), que deve ser de até ¼ do salário mínimo, igual a R$ 330 na data atual.

Quem se beneficia do BPC? E quais são as obrigações?

Particularmente, as PCDs têm aproximação ao BPC devido à sua quesito de saúde. Esses beneficiários precisam ser avaliados pela perícia médica do INSS a cada dois anos. Em todos os casos, é necessário também manter o Cadastro Único (CadÚnico) atualizado no mesmo período de tempo, ou quando solicitado pelo INSS. Dessa forma, se comprova que a renda familiar se mantém dentro do limite estabelecido. Apesar de ser um suporte valioso para quem recebe, o BPC do INSS não é vitalício e não caracteriza um favor previdenciário. Nascente favor assistencial, governado pela Caixa Econômica Federalista (CEF), é fixado em R$ 1.320. Por esse motivo, os beneficiários do BPC não têm aproximação ao décimo terceiro salário, e em caso de falecimento, seus familiares não podem solicitar a pensão por morte.

Quais são as vantagens adicionais do BPC?

Entretanto, aqueles que recebem o BPC podem usufruir de um favor pouco sabido: um desconto de até 65% na conta de luz, por estarem involuntariamente incluídos no programa de Tarifa Social de Pujança Elétrica (TSEE). O desconto final varia entre 65%, 40% ou 10%, de entendimento com o consumo mensal de vigor elétrica da residência do beneficiário. De maneira universal, o BPC é um instrumento fundamental para facilitar os idosos e pessoas com deficiência de baixa renda. Apesar de não ser vitalício e não prometer alguns benefícios previdenciários, levante espeque financeiro assistencial, juntamente com descontos em itens essenciais porquê a eletricidade, representam um suporte valioso para a manutenção da qualidade de vida destes beneficiários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies