Bolsonaro, Valdemar e General Heleno chegam à cede da Polícia Federal – DF para depor

O ex-presidente Jair Bolsonaro, o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, e o general Augusto Heleno – foram conduzidos à sede da Polícia Federal em Brasília para prestarem depoimento em relação a alegações de uma possível conspiração contra o Estado.

O desenrolar dos eventos: A Polícia Federal agendou para o dia de hoje, às 14h30, o interrogatório de 21 indivíduos sob investigação por suspeita de conspirar para manter Jair Bolsonaro no poder através de um golpe de Estado.

Os investigadores optaram por agendar os depoimentos simultaneamente, com o intuito de evitar a coordenação de narrativas entre os envolvidos. Essa estratégia assemelha-se à adotada nos interrogatórios relacionados ao inquérito sobre a suposta venda de joias que implica Bolsonaro e seus aliados.

!function(f,b,e,v,n,t,s)
if(f.fbq)return;n=f.fbq=function()n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments);
if(!f._fbq)f._fbq=n;n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;
n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];
s.parentNode.insertBefore(t,s)(window, document,’script’,
‘https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘5194898813962404’);
fbq(‘track’, ‘PageView’);

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies