Bill Gates vai deixar 99% da fortuna de R$ 617 bilhões para o ‘quarto filho’

Bill Gates, fundador da Microsoft, decidiu deixar 99% de sua fortuna para a Fundação Bill e Melinda Gates. A instituição é considerada pelo bilionário o seu “quarto filho”. Enquanto isso, os três herdeiros diretos vão ficar com menos de 1% da riqueza, de acordo com reportagem do jornal O Globo.

Gates ocupa hoje o sétimo lugar no grupo de bilionários mundiais da revista Forbes. Aos 68 anos, ele acumula um patrimônio de R$ 617 bilhões.

“É um desserviço para as crianças ter enormes somas de riqueza”, afirmou Gates, ao programa de TV This Morning. “Isso distorce tudo o que eles podem fazer ao criar o próprio caminho. Nossos filhos receberão uma ótima educação e algum dinheiro, então nunca serão pobres, mas terão as próprias carreiras.”

Jennifer, a primeira filha do magnata, estudou biologia na Universidade Stanford e tem mestrado em saúde pública, concluído pela Universidade de Columbia. Jennifer é casada com o cavaleiro egípcio Nayel Nassar e mãe de uma menina, que nasceu no ano passado. 

Rory, o filho do meio, tem uma dupla especialização e um mestrado pela Universidade de Chicago. Ele concluiu os cursos em apenas quatro anos. 

Caçula de Bill Gates namora neto do cantor Paul McCartney

Arthur Donald e Phoebe Gates
Rory, o filho do meio, tem uma dupla especialização e um mestrado pela Universidade de Chicago | Foto: Reprodução/Twitter/X

A caçula, Phoebe, também estuda em Stanford e é ativista pela igualdade de gênero. Ela namora o investidor Arthur Donald, neto do cantor Paul McCartney.

Até 2026, a fundação Bill e Melinda Gates pretende gastar R$ 44,9 bilhões por ano com a prevenção de futuras pandemias. O investimento também será usado para reduzir a mortalidade infantil e a adaptação climática.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies