Biden tira de ‘lista negra’ instituto chinês acusado de abusos

A governo do atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, retirou nesta quinta-feira, 16, o Instituto de Ciência Judiciario Chinês de uma lista de sanções comerciais. O gesto visa a convencer a China “a fazer mais” para interromper o fluxo do opioide sintético fentanil para os EUA.

A inserção do instituto na lista, em 2020, se deu por desculpa de supostos abusos contra uigures e outros grupos minoritários. A sanção impedia a instituição de receber a maioria dos bens de fornecedores norte-americanos.

O Instituto de Ciência Judiciario Chinês faz secção do Ministério de Segurança Pública do país. O ex-embaixador da China nos EUA, Qin Gang, descreveu, no ano pretérito, porquê “chocante” o indumento de sancionarem um instituto que ele descreveu porquê “principal”.

Na última quarta-feira, 15, Biden teve uma reunião com o presidente da China, Xi Jinping, buscando ter uma maior cooperação do país asiático na questão da droga. A reunião ocorreu em São Francisco, no Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec).

Uma vez que secção da reunião, foi acordaro que se criaria um grupo de trabalho de cooperação no combate às drogas.

Biden retira sanções instituto Chinês
Ativistas não gostaram da decisão de remover instituto chinês da lista de sanções norte-americana | Foto: Darren McGee/Gabinete da Governadora Kathy Hochul

Ativistas reprovam remoção do instituto por Biden

A decisão foi criticada por ativistas de direitos humanos e republicanos, que acusaram a governo Biden de ser parcioneiro com o tratamento que o governo chinês dá aos uigures.

Bloquear os produtos químicos “precursores” do fentanil tem sido uma prioridade para Washington. As mortes por overdose envolvendo a droga mais que triplicaram de 2016 a 2021, segundo o Meio de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos EUA.

A remoção, de conciliação com um aviso publicado no Federalista Register, ocorreu depois do recebimento e revisão de uma “proposta de remoção”.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading