Biden responde pedido de Trump sobre debate presidencial

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, respondeu ao pedido do ex-presidente Donald Trump sobre um debate presidencial “imediato”. O chefe do Executivo norte-americano disse, nesta segunda-feira, 5, que o adversário “não tem mais nada para fazer”.

Trump lançou o desafio durante entrevista em uma emissora rádio. Na ocasião, ele disse que um debate com Biden seria “bom” para o país. “Gostaria de debater com ele agora”, disse o ex-presidente e pré-candidato à Presidência dos EUA pelo Partido Republicano. “Deveríamos debater para o bem do país.”

Biden foi questionado por jornalistas sobre o desafio de Trump, enquanto participava de um evento de campanha no Estado de Nevada. “Imediatamente?”, respondeu o presidente. “Bem, se eu fosse ele, também gostaria de debater comigo. Ele não tem mais nada para fazer.”

Trump lidera nas primárias do Partido Republicano

YouTube video

O ex-presidente tem liderado as primárias pelo Partido Republicano e deve ser o candidato à Presidência dos EUA neste ano. Apesar disso, é incerto que haja debates nas eleições gerais. O Comitê Nacional Republicano saiu da Comissão de Debates Presidenciais em 2022. Trump chegou a criticar a organização.

“Eles são totalmente corruptos”, disse Trump, em dezembro, à emissora NBC News. “Eles são totalmente inclinados aos democratas; é bom quando uso a palavra ‘inclinação’. Eles são totalmente corruptos e são terríveis. Dito isto, eu faria 20 debates mesmo que fosse organizado por eles. Farei quantos debates eles quiserem. Faria um debate todas as noites com esse cara. Mas ele nunca aparecerá em um debate.”

Apesar de ter desafiado Biden, o ex-presidente rejeitou pedidos de debater com adversários nas primárias do Partido Republicano. A principal rival de Trump, Nikki Haley, participou de vários debates com outros candidatos. Atualmente, ela é a única candidata nas primárias contra Trump.

O principal argumento do ex-presidente para não participar dos debates nas primárias é sua “enorme liderança” nas pesquisas republicanas. De acordo com Trump, isso o “libertou” das obrigações de debater com adversários distantes.

A comissão de debate programou três debates para as eleições gerais, mas Trump e Biden não confirmaram publicamente a presença. Os debates estão marcados para 16 de setembro, 1º de outubro e 9 de outubro.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading