‘Argentina precisa de um presidente que goste do Mercosul’

Na live desta terça-feira, 14, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi além de criticar a ONU, acusar Israel de terrorismo e elogiar a edição deste ano do Enem. Ele também encontrou tempo para falar das eleições da Argentina. De combinação com o petista, os hermanos precisam optar porquê presidente alguém que “goste do Mercosul”.

YouTube video

A fala de Lula ocorre a menos de uma semana da eleição presidencial argentina. Os eleitores do país irão às urnas para votar no segundo vez no próximo domingo, 19. O esquerdista Sergio Tamanho e o deputado liberal Javier Milei estão na disputa.

Na live, o político brasiliano evitou reportar os nomes dos concorrentes. Ele defendeu, todavia, a valia de o horizonte presidente prateado ter interesse em fortalecer o Mercosul e a relação bilateral com o Brasil.

Leia mais:

“A Argentina é o maior parceiro mercantil do Brasil na América Sul, e o Brasil é o maior parceiro mercantil da Argentina na América do Sul”, disse Lula, ao enfatizar as relações comerciais entre os dois países. “Precisamos um do outro, sem divergências.”

Candidato a presidente da Argentina, Javier Milei é crítico de Lula e do Mercosul

Ao falar da valia do Mercosul, Lula não fez menção ao posicionamento de Milei. O presidenciável prateado é um crítico do conjunto econômico que reúne, além de Brasil e Argentina, Uruguai e Paraguai. Para o político liberal, o grupo acaba servindo porquê um “estorvo econômico”.

“Está parado e não vai para nenhum lado”, disse Milei durante debate eleitoral realizado no último domingo, 12. Na ocasião, ele respondeu a questionamento feito por Tamanho, atual ministro da Economia e candidato do kirchnerismo ao comando da Casa Rosada.

Além do Mercosul, Milei é crítico de Lula. Para ele, o presidente brasiliano é “comunista” e “corrupto”.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies