Argentina: Milei acusa empresa chinesa de patrocinar vídeo a favor de candidato peronista

O candidato liberal à presidência da Argentina, Jaiver Milei, acusou uma empresa chinesa de patrocinar um vídeo a favor de seu adversário, Sergio Massa, candidato peronista e apoiado pelo atual presidente Augusto Fernández.

A denúncia da possível intervenção chinesa nas eleições argentinas, cujo segundo turno será em 19 de novembro, foi feita no sábado 28 em uma publicação no Twitter/X.

Milei citou uma postagem do jornalista brasileiro Leonardo Coutinho, que mora nos Estados Unidos, na qual o profissional publicou o print de um anúncio feito em um vídeo postado no YouTube favorável a Massa. O anúncio foi patrocinado por uma empresa de Hong Kong, região administrada pelo Partido Comunista Chinês.

O candidato liberal, ao citar a publicação de Coutinho, afirma que ele “expõe a intervenção de uma empresa chinesa nas eleições argentinas”. “Os anúncios pró-Massa estariam vindo da China. Nos EUA, por exemplo, isso poderia resultar no impeachment do presidente eleito”, escreveu. E finaliza o post com uma pergunta: “Por que a China prefere Massa a Milei?”.

Milei e Massa disputam o segundo turno em 19 de novembro

No primeiro turno das eleições argentinas, Massa chegou em primeiro, com 36,7% dos votos. Milei obteve 30%. Em terceiro lugar, ficou Patricia Bullrich, da coalizão de centro-direita Juntos pela Mudança, com 23,8%. Opositora do peronismo, ela já anunciou apoio a Milei no segundo turno.

Os nanicos Juan Schiaretti e Myriam Bregman obtiveram 6,7% e 2,7% dos votos, respectivamente. As quatro candidaturas de oposição ao atual governo obtiveram cerca de dois terços dos votos.

O ex-presidente da Argentina Mauricio Macri (2015-2019) também anunciou apoio a Milei.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informação

Política de Privacidade e Cookies

Descubra mais sobre Brasil em Pauta Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading